Dores de barriga | De Mãe para Mãe

Dores de barriga

Responda
31 mensagens
carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Olá mamãs.
A minha filha atualmente parece a Maria das Dores.
Já tinha referido as dores nos joelhos/crescimento no outro tópico, mas mais ou menos na mesma altura começou a queixar-se diariamente de dores na barriga.
Tenho estado a avaliar, a ver se está relacionado com algum alimento, ou tipo de alimento em concreto, mas parece-me que é sempre que come. Nao interessa o que.
Ainda pensei que fosse do leite, que é o que come primeiro no dia, mas depois segue assim ao longo do dia. De qualquer modo, há uns dias mudei-lhe o leite (passámos de leite em pó para leite de vaca) e nao houve diferença.
Começa a comer, passado um bocado queixa-se.
Por outro lado, acho que à hora do jantar, aproveita-se disso para nao comer o segundo prato e quer ir logo para a cama dormir.
Aqui, juro que nao sei o que pensar. Por um lado parece-me que está mesmo queixosa, mas por outro vejo-a a aproveitar-se da situaçao.
Ja perguntei na escola há umas duas semanas e dizem que come super bem, com vontade e sem se queixar (vou perguntar agora outra vez).
Sou sincera que nao sei o que pensar.
É que ainda nem pensei levar-la ao medico, porque penso que chego lá, digo que se queixa da barriga e nao tenho mais nada a dizer.
Porque de resto está tudo perfeitamente normal.
Enfim....
Tenho deixado andar, sem ter norte!

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Ui, as sismas que isso já me causou... A minha andou um tempo assim. Começou de facto com uma gastroenterite, e aí ok, mas passado o problema continuou muito tempo com queixas e muitas vezes associadas ao não querer comer. Também andei a ver se era o leite... Não era nada. Agora anda há uns dias sem se quaixar. Mas assim que tive oportunidade falei ao médico, calhou ser o de família. Ele disse que 99.9% das vezes são cólicas... Como nós temos, às vezes um ligeiro desconforto e eles dizem logo que dói... A velha história de que os intestinos são orgãos de amadurecimento lento e por toda a infância se vão queixar disso. O que faço é massajar-lhe a barriga, começo pelas partes laterais para ver se não há ali resistencia na parte do apêndice, fígado e afins...depois massajo como quando era bebé, na zona intestinal circular no sentido dos ponteiros do relógio, e passa...

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

DianaES escreveu:
Ui, as sismas que isso já me causou... A minha andou um tempo assim. Começou de facto com uma gastroenterite, e aí ok, mas passado o problema continuou muito tempo com queixas e muitas vezes associadas ao não querer comer. Também andei a ver se era o leite... Não era nada. Agora anda há uns dias sem se quaixar. Mas assim que tive oportunidade falei ao médico, calhou ser o de família. Ele disse que 99.9% das vezes são cólicas... Como nós temos, às vezes um ligeiro desconforto e eles dizem logo que dói... A velha história de que os intestinos são orgãos de amadurecimento lento e por toda a infância se vão queixar disso. O que faço é massajar-lhe a barriga, começo pelas partes laterais para ver se não há ali resistencia na parte do apêndice, fígado e afins...depois massajo como quando era bebé, na zona intestinal circular no sentido dos ponteiros do relógio, e passa...

Eu noto uma coisa... noto que quando come, de facto se ouvem os intestinos.
O que é normal. Eu propria muitas vezes como, e os intestinos começam a funcionar, e as vezes tenho que ir a casa de banho.
Por isso sempre pensei que ela passa-se mais ou menos o mesmo.
E o que está a dizer faz sentido, sim. Cólicas.
Eles que estao a amadurecer.
Mas ela nao teve nenhuma gastro. Começou do nada, soma e segue.
Na escola já me responderam dizendo que lá nao se queixa de nada.
Vamos ver....

AppleCinnamon -
Offline
Desde 28 Fev 2019

Olá, poderá ser da idade? Anda-me a acontecer parecido...a barriga mas deixa de se queixar logo e às vezes (poucas vezes) a cabeça, mas se está distraido já não dói, se se lembra parece que está a sofrer. Aconteceu no fim de semana e fiquei sem perceber se era fita ou dores, pois tinha dormido pouco -..-' oh fases confusas

Diagnóstico de Infertilidade - +/- 2014
Diagnóstico de adenomiose e endometriose - 2019
FIV/ICSI - Junho 2019 sem transferência
TEC - Outubro 2019 - beta 564 🙏🤞🍀

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

E como estão os cocós? Faz bem? Eu pensei logo em cólicas. Veria, para alem do leite, se o pão não está a fazer cólicas, caso ela tenha por hábito comer pão. Isso, ou algum outro equivalente, cujos cereais tenham muita fibra. Podem estar a provocar flatulencia, por exemplo, e ela sentir os puns na barriga.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Pode ser isso, sim.
Eu vejo os cocós bem.
Mas posso tentar mudar o pao para ver se altera alguma coisa.
Tambem pode ser uma fase, devido à idade.
É daquelas coisas que nao sabemos o que pensar nem fazer, porque as vezes eles sao manhosos e tambem se aproveitam!

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Olá olá.
Já passou um mês desde a ultima vez que falei aqui.
Os queixumes continuam.
Entretanto mudámos de leite. Passámos do leite em pó para o leite de vaca. Ao início nao notei diferença.
Na semana passada passei a dar leite sem lactosa, e talvez agora pela manhã está melhor. De manha nao se queixa tanto, mas ao almoço e ao jantar sim. E nao é fita. Queixa-se mesmo.
A grande novidade aqui, é que na semana passada fez vários cocós com mucos e sangue. Muito sangue.
Fui logo à pediatra, e fiquei um bocado baralhada. Por um lado desvalorizou o sangue. Disse que podia ser normal, caso ela estivesse obstipada.
Podia ser tambem porque coincidiu com a retirada da fralda (há 2 meses).
Mas depois, enviou análises ao sangue, ecografia abdominal, disse para eu continuar 1 mês sem lactosa e 1mês de probiotico (o biogaia). E ir à especialidade de sistema digestivo (nao sei como se chama em portugal).
Por acaso, nao mandou fazer analises ao coco.
Enfim...
Acham que pode ser alguma alergia ou intolerancia?
Tenho pensado que, como ela se queixa a meio do almoço ou jantar, se será alguma alergia/intolerancia a algum legume.
Porque eles começam sempre o almoço e o jantar com a sopa, ela adora a sopa e come super bem, e é depois a meio do segundo prato que se queixa. O segundo prato é sempre variado.
Por outro lado, no fim de semana fomos a Portugal, e todas as refeiçoes foram em restaurante, sem sopa, e nao me lembro de ela se ter queixado. E comeu de tudo.
Hoje de manhã fomos fazer a ecografia abdominal e a médica disse que a unica coisa que via, era muitos gases e muito cocó. E ela tinha feito cocó antes de sair de casa.
Enfim.... que me dizem disto?

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Realmente pode ser muita coisa, desde ter a barriga cheia, a ser algum problema mais sério, tipo síndrome do intestino irritável.
Fazes bem em marcar consulta com um gastroenterologista.

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Ui não fizeram teste p/lombrigas? É que também pode ser... Mas sim, gastroenterologista sem dúvida é a melhor opção.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Bom dia.
Chegaram hoje os resultados das análises ao sangue, .. surpresa das surpresas... tem o Ferro abaixo do nível mínino de referência.
Nao percebo do assunto, mas nao vejo relaçao entre o Ferro baixo e as dores de barriga. Há alguma?
O que me deixa surpreendida, é o facto de ela também ter Ferro baixo, ou seja, os meus dois miúdos têm o mesmo problema.
O Henrique já sabemos, tem feito suplementação de Ferro todos os anos. Terminou a última na semana passada, durante 3 meses.
Mas agora ela também... deixa-me a pensar!
Eu tenho imenso trabalho a dar uma alimentaçao super variada e saudavel.
Com legumes ricos em ferro (espinafres, beterraba, feijao, grao,, etc).
Mas mesmo assim têm défice? Acho muito estranho.
Vou falar com a pediatra, para ver se há aqui alguma falha do meu lado, ou se será algo dele, na absorçao, etc.
O que vos parece?

AppleCinnamon -
Offline
Desde 28 Fev 2019

Carla eu e o meu irmão temos estilos de vida e alimentação totalmente diferentes e temos as mesmas carências a nível de análises. Acho que o factor genético tem uma carga considerável nestas coisas...

Diagnóstico de Infertilidade - +/- 2014
Diagnóstico de adenomiose e endometriose - 2019
FIV/ICSI - Junho 2019 sem transferência
TEC - Outubro 2019 - beta 564 🙏🤞🍀

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

AppleCinnamon escreveu:
Carla eu e o meu irmão temos estilos de vida e alimentação totalmente diferentes e temos as mesmas carências a nível de análises. Acho que o factor genético tem uma carga considerável nestas coisas...

Que chatice.
No Henrique nota-se logo quando está com as Reservas de Ferro baixas. Fica apático, quase nao fala, nao ri, nao tem energia.
Duas semanas depois de começar a tomar suplementaçao, fica "insuportável" de tao energico e falador que fica. Cair ao chão de tanto rir
Já a Gabriela, tem energia para dar e vender. Nunca me passaria pela cabeça que estivesse com o mesmo tipo de problema.

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

Numa criança que come bem e tem uma dieta variada, poderá ser má absorpçäo por alguma razäo, entre as quais excesso de alimentos ricos em cálcio. Mas também é certo que baixos valores de ferro säo bastante comuns em crianças, o que näo representa um problema em si se a criança näo apresentar outros simptomas que possam sugerir anemia. Como estäo os valores da hemoglobina? Provavelmente estäo dentro dos valores normais.
Já marcaste consulta com o gastro? É importante eliminar algum problema com o funcionamento do sistema digestivo.
Já alguma vez fizeste desparatizaçäo? Penso que também seria algo a considerar fazer.
.
Agora toca a suplementar e tenta jogar um pouco com a comida e as combinaçöes que fazes. quando ofereceres alimentos ricos em ferro, oferece também alimentos ricos em vitamina C, beta-carotenos e folatos, e evita alimentos ricos em cálcio nessa refeiçäo.
Outra dica, oferece probióticos.
.
Eu dou um multivitamínico ä minha filha, e também umas tabletes efervescentes de ferro e vitamina C, pois para além da miúda näo gostar de carne, tem THDA, que por alguma razäo que ainda ninguém sabe bem explicar, tem uma relaçäo com ferritina baixa.
.
Por último, näo te esqueças que reservas de ferro baixas e anemia säo condiçöes distintas e näo te preocupes em excesso (apenas q.b.).

Sansa -
Offline
Desde 18 Jan 2018

carlabrito escreveu:

AppleCinnamon escreveu:Carla eu e o meu irmão temos estilos de vida e alimentação totalmente diferentes e temos as mesmas carências a nível de análises. Acho que o factor genético tem uma carga considerável nestas coisas...

Que chatice.
No Henrique nota-se logo quando está com as Reservas de Ferro baixas. Fica apático, quase nao fala, nao ri, nao tem energia.
Duas semanas depois de começar a tomar suplementaçao, fica "insuportável" de tao energico e falador que fica.
Já a Gabriela, tem energia para dar e vender. Nunca me passaria pela cabeça que estivesse com o mesmo tipo de problema.


O Henrique näo toma vitaminas diariamente? Aqui é extremamente comum as crianças tomarem suplementos.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Sansa escreveu:
Numa criança que come bem e tem uma dieta variada, poderá ser má absorpçäo por alguma razäo, entre as quais excesso de alimentos ricos em cálcio. Mas também é certo que baixos valores de ferro säo bastante comuns em crianças, o que näo representa um problema em si se a criança näo apresentar outros simptomas que possam sugerir anemia. Como estäo os valores da hemoglobina? Provavelmente estäo dentro dos valores normais.
Já marcaste consulta com o gastro? É importante eliminar algum problema com o funcionamento do sistema digestivo.
Já alguma vez fizeste desparatizaçäo? Penso que também seria algo a considerar fazer.
.
Agora toca a suplementar e tenta jogar um pouco com a comida e as combinaçöes que fazes. quando ofereceres alimentos ricos em ferro, oferece também alimentos ricos em vitamina C, beta-carotenos e folatos, e evita alimentos ricos em cálcio nessa refeiçäo.
Outra dica, oferece probióticos.
.
Eu dou um multivitamínico ä minha filha, e também umas tabletes efervescentes de ferro e vitamina C, pois para além da miúda näo gostar de carne, tem THDA, que por alguma razäo que ainda ninguém sabe bem explicar, tem uma relaçäo com ferritina baixa.
.
Por último, näo te esqueças que reservas de ferro baixas e anemia säo condiçöes distintas e näo te preocupes em excesso (apenas q.b.).

Sim sim.
Eles têm "problemas" distintos, apesar de ambos relacionados com o ferro.
Talvez por isso mesmo, também os efeitos secundários sejam distintos.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Sansa escreveu:

carlabrito escreveu:

AppleCinnamon escreveu:Carla eu e o meu irmão temos estilos de vida e alimentação totalmente diferentes e temos as mesmas carências a nível de análises. Acho que o factor genético tem uma carga considerável nestas coisas...

Que chatice.
No Henrique nota-se logo quando está com as Reservas de Ferro baixas. Fica apático, quase nao fala, nao ri, nao tem energia.
Duas semanas depois de começar a tomar suplementaçao, fica "insuportável" de tao energico e falador que fica.
Já a Gabriela, tem energia para dar e vender. Nunca me passaria pela cabeça que estivesse com o mesmo tipo de problema.

O Henrique näo toma vitaminas diariamente? Aqui é extremamente comum as crianças tomarem suplementos.

Só recomendam vitaminas no Inverno. Aquelas vitaminas de vitamica C, por causa dos resfriados

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Telefonou-me agora a pediatra privada dela, que eu lhe tinha enviado por email as analises, e desvalorizou o Ferro baixo.
Disse que a Ferratina estava otima, que nao tinha anemia.
Disse também que as analises celíacas também estavam bem, nada de possíveis alergias.
Propôs marcar a consulta de gastro.
É o proximo passo para já.

DianaES -
Offline
Desde 08 Out 2013

Fizeram despiste de alguma doença auto imune?
O problema do ferro baixo é que ele é necessário para o bom funcionamento de muita coisa... e imagino que se a mim me mandaram tomar ferro endovenoso porque já andava há muito tempo a tentar resolver e não resolvia (8 meses) não percebo como desvalorizam numa criança que estando em fase de crescimento imagino que o ferro seja ainda mais fundamental. Mesmo indo ao gastro que acho ótimo, eu marcaria num médico de medicina interna, assim pelo menos inicia-se um processo para tentar descobrir o que causa esta situação...

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

DianaES escreveu:
Fizeram despiste de alguma doença auto imune?
O problema do ferro baixo é que ele é necessário para o bom funcionamento de muita coisa... e imagino que se a mim me mandaram tomar ferro endovenoso porque já andava há muito tempo a tentar resolver e não resolvia (8 meses) não percebo como desvalorizam numa criança que estando em fase de crescimento imagino que o ferro seja ainda mais fundamental. Mesmo indo ao gastro que acho ótimo, eu marcaria num médico de medicina interna, assim pelo menos inicia-se um processo para tentar descobrir o que causa esta situação...

Ok.
Obrigada pela sugestao. Vou fazer isso.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Bom....
Vou atualizar este post, que era de Maio e entretanto criei outro com outra duvida:
https://demaeparamae.pt/forum/legumes-vs-intolerancia
O que passou desde Maio....
Em Junho continuou a queixar-se.
Fomos à pediatra privada e fez ecografia abdominal, teste das alergias (das gotas e picadas) e fez umas analises ao sangue (gluten, lactose, proteina da Vaca e todas as outras analises normais).
Estava tudo bem/normal e eu fiquei mais ou menos descansada.
Entrou Julho e fomos 2 meses para Portugal.
Durante estes dois meses continuou a queixar-se diariamente.
Decidi fazer alguns testes... Retirar lactose. Nao resultou.
Retirei leite.... nao resultou.
Retirei alguns legumes... nao resultou.
Ja no final de Agosto começou a queixar-se mais.
Alguns cocós com sangue e com mucos.
Na ultima semana nao comia quase nada.
Falaram-me na intolerancia à frutose, e retirei a maçã. Há uma semana.
Retirei também toda a casca das frutas.
Chegámos na passada 5f à noite, e na 6f de manha estava na pediatra do publico com ela.
Vamos repetir todas as analises ao sangue e fazer ainda mais detalhadas.
Ao mesmo tempo vamos fazer analises ao cocó, que vou retirar amostra ao longo de uma semana.
Ela sempre fez cocó sem problemas, todos os dias.
Hoje que ia começar a recolha... nao fez!
Também vamos fazer analises à urina.
E tenho para a semana consulta de endocrinologista.
Outra coisa chata, foi que desde Março até agora Setembro, não aumentou nada de peso. Nada!
Eu nao tinha essa noçao, por ca em casa somos todos muito magros por natureza, mas pude comprovar hoje, quando lhe fui provar as saias do ano letivo passado, que deixou em Junho, e lhe estao super largas....
Por outro lado ainda, tem a barriga super super inchada, o que nao é um bom sinal tambem. Vamos analisar a doença celíaca.
Portanto.... já temos com que nos entreter nos proximos tempos....
Por fim... posso dizer que esta semana, desde que lhe retirei a maçã e a casca das frutas, vejo-a a queixar-se menos!
E para balançar, a minha mãe conseguiu convence-la a comer pêra antes de regressarmos a Espanha! Tem comido uma todos os dias...
Estaremos por aqui...

AppleCinnamon -
Offline
Desde 28 Fev 2019

Carla que situação! As melhoras para ela...pelo menos com tantos testes há de se perceber a que é intolerante. beijinhos

Diagnóstico de Infertilidade - +/- 2014
Diagnóstico de adenomiose e endometriose - 2019
FIV/ICSI - Junho 2019 sem transferência
TEC - Outubro 2019 - beta 564 🙏🤞🍀

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Olá.
Atualizacao.
Ao longo da semana passada fiz colheira de fezes vários dias e de urina, e fomos tirar sangue para análises. Isto pelo público.
Hoje fomos à consulta de Digestivo/Gastro pelo privado.
Contei tudo o que se passou e lá me explicou umas coisas.
Há que fazer exames e analises. As analises que este pediu sao basicamente as mesmas que a do publico ja pediu (mais detalhadas até), por isso nao vou picar a miuda outra vez e levo-lhe essas.
No entanto, explicou-me que pode ser uma ou duas de 4 situaçoes.
Polipos no colo, junto ao reto. Mas polipos benignos. Que podem justificar o sangue constante no cocó.
Depois, pode ser uma de duas doenças. Uma, a doença de Crohn e a outra já nao me lembro do nome. A doença de Crohn já me tinham falado nisso. Tenho um jovem adolescente na família (nao familia de sangue) que tem, e que os sintomas iniciais foram exatamente os mesmos.
Por fim, a intolerancia à frutose/açucar. Aqui disse-me que por vezes esta intolerancia aparece mais "tarde", em crianças que têm contacto com o açucar muito "tarde".
Ou seja, a patologia já lá está, mas como sao crianças que nao comem doces (gelados, chocolates, gomas, chupas, etc) demasiado cedo, só agora se faz notar.
E faz sentido, porque foi este ano que a Gabriela começou a comer "porcarias", que lhe foram oferecidas na escola, pelos aniversarios. E tem comido... Nao em casa, mas fora de casa tem comido.
Portanto vai fazer esse teste, que segundo me disse, é através do sopro para um tubo.
Muito resumido, é isto.
Vamos continuar os testes tranquilamente até se chegar a alguma conclusao.

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Que corra tudo bem, Carla! Os pólipos sao removiveis com cirurgia?

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Anotski85 escreveu:
Que corra tudo bem, Carla! Os pólipos sao removiveis com cirurgia?

Sim, são.
Nao perguntei mais detalhes, mas imagino que seja com anestesia local ou geral, etc.
Para já nao quero saber detalhes de nada. Quando se souber o que é, logo se pensa nisso.

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Anotski85 escreveu:
Que corra tudo bem, Carla! Os pólipos sao removiveis com cirurgia?

Obrigada! Apaixonado

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Bom dia.
Já sairam os resultados de alguns exames feitos.
Tem um parasita na mucosa do intestino que, segundo a médica, justifica todos os sintomas que ela tinha.
O principal, era queixar-se quando começava a comer.
Eu associava ao leite pela manhã porque era a primeira coisa que comia no dia, e às sopas, porque é a primeira coisa que come às refeiçoes.
Por sorte nao está anémica, porque a medica diz que este parasita bloqueia totalmente a aborcao de tudo o que é nutrientes, minerais, lactose, etc. Diz que normalmente os miudos estao super anémicos, mas graças a Deus nao é o caso dela.
Vamos começar já o tratamento.
Mais uma vez, a prova de que a médica do privado só me desilude. Limitou-se a fazer analises ao sangues.
Esta do público, pediu logo tudo e mais um par de botas, e deu com o problema à primeria.
Falta os resultados do teste da frutose, mas parece que nao vai dar nenhuma surpresa porque ela nao tem nenhuma intolerancia nem alergia.
Apenas um parasita que lhe provocou uma tremenda infeção (os valores estao altissimos).
Estou super contente porque o sofrimento da miuda vai acabar em breve.
O Henrique também vai fazer as mesmas analises às fezes, so para descartar que ele nao está tambem afetado.
Eu, tambem vou fazer porque eu tambem tenho muitas dores de barriga e diarreia, mas eu sempre associei ao stress que é a minha vida. Mas a médica disse que é um erro fazer estas associaçoes... Por isso tb vou fazer os mesmos testes.
Vamos la dar a volta a mais esta!!!

Mag_M -
Offline
Desde 13 Jul 2018

Carla, finalmente um diagnóstico, que alívio! E ainda bem que parece algo que se resolverá rápido e facilmente.
Espero que o Henrique e tu estejam ok.
E que a Gabriela melhore rápido!

AppleCinnamon -
Offline
Desde 28 Fev 2019

Que bom que já sabem o que é! E que bom que essa médica acertou à primeira, muito bom mesmo.

Diagnóstico de Infertilidade - +/- 2014
Diagnóstico de adenomiose e endometriose - 2019
FIV/ICSI - Junho 2019 sem transferência
TEC - Outubro 2019 - beta 564 🙏🤞🍀

Anotski85 -
Offline
Desde 09 Jun 2020

Finalmente um diagnóstico e de algo com fácil resolução. 🙏

carlabrito -
Offline
Desde 30 Maio 2017

Obrigada meninas.
Sim. Poderá levar umas semanitas até matar o bicho por completo, segunda a médica, mas nada de grave, graças a Deus.
Antes isto que alguma alergia/intolerância.
Daqui a uma semana repete as análises às fezes a ver se curou, ou o quanto melhorou.
Quase quase!
Até vejo que ela está mais animada e feliz, por ouvir que ja se sabe o que é e que o xarope vai ajudar.

fmmartins -
Offline
Desde 14 Dez 2016

Ainda bem Carla! O que me causou mais estranheza foi não terem ido logo por ai... É quase básico porque os miúdos nestas idades são propícios a isso e a existência de parasitas está relacionada com muitos desconfortos.